Universo Imobiliáro

voltar

A voz dos imóveis

Azevedo Filho e Núbia Cristina prestam serviço à sociedade ajudando os ouvintes a adquirirem um dos maiores sonhos dos brasileiros: a casa própria


29/02/2016 13:59
A voz dos imóveis Foto: Divulgação

por Daniela Pereira

Informações sobre o mercado imobiliário, preços, dicas de compras, lançamentos e boas oportunidades. Estas são algumas das vantagens que os ouvintes podem encontrar aos sábados, das 10h às 11h no programa CBN Imóveis, idealizado e apresentado por Azevedo Filho. Ao lado de Núbia Cristina, ele presta serviço à sociedade ajudando os ouvintes a adquirirem um dos maiores sonhos dos brasileiros: a casa própria. Com público-alvo voltado pra Salvador e Região Metropolitana, o programa tem promovido debates pertinentes em relação ao setor. “O setor imobiliário é muito importante para a economia. O crédito imobiliário em relação ao PIB está em torno de 8% no Brasil, 11% no Chile e 14% no México”, disse Azevedo Filho, destacando a importância do ramo.

Com 32 anos de experiência no mercado imobiliário, Azevedo tem um currículo técnico e especializado no setor. “Eu sou apaixonado pelo que faço. Gosto de saber que posso contribuir com a realização de um sonho para as pessoas”, disse, ao definir a atuação. Formado em Administração de Empresas e Análise de Sistemas, Azevedo tem pós-graduação em Marketing, além da 'veia empreendedora'. Também empresário do setor, há 14 anos ele dirige a Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário. “A minha paixão pelo mercado imobiliário me levou a idealizar um produto no qual eu pudesse compartilhar as informações que eu tinha sobre o setor”, contou.

Como faz durante os programas, Azevedo Filho analisou o mercado e destacou alternativas para burlar o atual período de crise econômica no momento da aquisição do imóvel. “Estamos passando dificuldades econômicas no país e, devido aos ajustes nas contas federais, o financiamento de imóveis fica mais escasso. Por outro lado, as pessoas têm medo de entrar em um financiamento e perder o emprego, por qualquer motivo. No entanto, vale ressaltar que o mercado tem buscado soluções para burlar a crise, principalmente através dos programas federais como o 'Minha Casa Minha Vida', que ultimamente tem vendido bastante”, afirma, ressaltando a importância em adquirir a casa própria. “Sabemos que o brasileiro está cada dia mais independente e buscando a liberdade. Além disso, quando resolve sair da casa dos pais ou casar, o brasileiro sonha em sair do aluguel e conquistar um imóvel. Tudo isso contribui para a busca de um imóvel, já que, atualmente, temos 6 milhões de moradias em déficit no Brasil”, explica.

Azevedo Filho ainda aponta duas dicas essenciais para quem desejar fazer a aquisição do imóvel com o projeto na planta ou pronto para morar. “Quem deseja comprar o imóvel na planta precisa avaliar a idoneidade da empresa responsável pela construção, verificar o registro de corporação feito e se o orçamento cabe no bolso. Já quem pretende comprar uma casa ou apartamento já pronto para morar precisa buscar um olhar técnico em relação à conservação do local e possíveis dívidas deixadas por antigos moradores. Neste caso, o mais correto seria buscar ajuda de uma imobiliária ou corretor. No entanto, tudo depende das condições de cada consumidor”, afirma, avaliando o cenário atual de forma positiva. “O momento é de compra. As empresas estão com condições especiais de desconto, principalmente para unidades prontas. Existem preços atrativos e, com uma boa pesquisa, pode-se fechar excelentes negócios”, disse Azevedo.

Para conferir outras dicas sobre o mercado imobiliário, basta sintonizar todos os sábados na rádio CBN. “O programa é descontraído, informativo e contribui bastante com quem está indeciso em relação aos caminhos para a compra”, garante Azevedo Filho.

 

Matéria publicada na versão impressa da revista Sacada.

leia também

VER TODAS ›
LEIA EDIÇÃO IMPRESSA › Harmonia e Sofisticação

Harmonia e Sofisticação

Anunciantes

® 2018 Sacada. Todos os Direitos Reservados
Tacitus Tecnologia

Parceiros

  • ADEMI-BA
  • Ebade
  • CRECI
  • Sinduscon
  • ABAF