Arq & Decor

voltar

Escolha dos pisos para áreas externas exige cuidados

Avaliar pontos como intensidade de tráfego e exposição às intempéries é essencial para determinar o tipo de piso cerâmico mais adequado ao ambiente


22/01/2018 17:09
Escolha dos pisos para áreas externas exige cuidados Divulgação

O verão é o momento ideal para curtir as áreas externas dos imóveis, como varandas, sacadas, piscinas e outros espaços próprios para a diversão e confraternização. Além de bonitos e bem equipados, estes locais precisam também de um cuidado especial em relação ao piso que será utilizado. Existem produtos próprios para estes espaços, com características que evitam o desgaste, melhoram a segurança e facilitam a higienização destas áreas.


O coordenador de Desenvolvimento das marcas Incenor e Tecnogres, revestimentos cerâmicos fabricados na Bahia pelo Grupo Fragnani, Jefferson Divino, aponta que os pisos granilhados são mais indicados para áreas externas.
“Sobretudo os especificados como PEI 5, por conta da sua alta resistência aos desgastes, como também do alto fluxo de pessoas nesses ambientes, e também por se tratar de um produto com maior aderência, evitando assim possíveis escorregões”, salienta.


O PEI é uma das características técnicas relativas à durabilidade do revestimento cerâmico, que auxilia na escolha do produto mais adequado para cada uso. É a classificação da superfície esmaltada, de acordo com a quantidade de tráfego que ela irá receber (resistência ao desgaste). Quanto maior o PEI, maior será a resistência superficial.


A Incenor e a Tecnogres, destaca Jefferson, possuem produtos específicos ou mais indicados para áreas externas. No caso da Incenor, o PEI varia de 2 a 5. Já com relação à marca Tecnogres, que atua mais fortemente com o porcelanato, os produtos possuem a indicação de uso – LI, para ambientes internos com baixo-médio tráfego; LC, para os locais externos cobertos, com médio-alto tráfego; LE, que indica ambientes externos com médio-alto tráfego e LU, para ambientes externos molhados.


“Para os porcelanatos esmaltados, não é aplicado o ensaio de PEI. Neste caso deve-se utilizar a tabela de indicação de uso para ambientes residenciais e comerciais disponível nas embalagens e catálogos, elaborada para facilitar o entendimento de onde pode-se utilizar o piso cerâmico”, aponta o coordenador de Desenvolvimento.


Jefferson enfatiza que o ideal é que se escolha produtos certificados pelos órgãos acreditados pelo INMETRO, para que se tenha assim uma segurança do material adquirido. No caso do segmento de pisos e revestimentos cerâmicos, um dos órgãos é o Centro Cerâmico do Brasil (CCB).

Escolha dos pisos para áreas externas exige cuidados
Escolha dos pisos para áreas externas exige cuidados
Escolha dos pisos para áreas externas exige cuidados

leia também

VER TODAS ›
LEIA EDIÇÃO IMPRESSA › Harmonia e Sofisticação

Harmonia e Sofisticação

Anunciantes

® 2018 Sacada. Todos os Direitos Reservados
Tacitus Tecnologia

Parceiros

  • ADEMI-BA
  • ABAF
  • Sinduscon
  • CRECI
  • Ebade