Green

voltar

ABAF faz abertura da III SEAFLOR em formato virtual

O diretor executivo da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF), Wilson Andrade, fará a palestra “Plantar para não faltar - uso múltiplo da madeira”, às 14h30 de 08/03.


05/03/2021 14:30
ABAF faz abertura da III SEAFLOR  em formato virtual Foto: Divulgação

A Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) participa mais uma vez da Semana Acadêmica de Engenharia Florestal do Recôncavo Baiano (SEAFLOR), evento realizado pelo Diretório Acadêmico de Engenharia Florestal da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). Este ano, a terceira edição traz o tema "Empreendedorismo e Sustentabilidade no Setor Florestal Brasileiro” e acontece de forma virtual de 8 a 12/03, por meio da plataforma de reuniões online Google Meet. O diretor executivo da ABAF, Wilson Andrade, vai realizar a abertura do evento com a palestra "Plantar para não faltar: uso múltiplo da madeira ", em 08/03, às 14h30. Para participar, os interessados devem se inscrever pelo site https://www.even3.com.br/IIIsaeflor, até o dia 07/03.

De acordo com o coordenador do curso de Engenharia Florestal, Elton Leite, da UFRB, o objetivo é promover a capacitação e atualização dos discentes em temas relacionados à área de produção florestal, meio ambiente e crescimento profissional, por meio de um espaço de integração entre grupos acadêmicos e profissionais. “Agradecemos a ABAF pela confiança em nosso trabalho. Pelo apoio concedido e suporte para a concretização do nosso projeto”, completa.

Segundo o diretor da ABAF, os trabalhos desenvolvidos por universidades são fundamentais para a atividade florestal. “A parceria entre iniciativa privada e academia já provou que colhe bons resultados, como o aumento da produtividade por hectare, controle eficiente de pragas e uma convivência comprovada entre lavoura, pecuária e floresta. O setor é reconhecido pelo uso de alta tecnologia empregada e aperfeiçoada pelas empresas do setor, com base em experiências internacionais e parcerias com a Embrapa e pesquisadores nacionais”.

Para Andrade, além de tudo isso, a academia tem muito a oferecer para melhorar as vantagens competitivas do setor. “Precisamos trabalhar para que o mercado atenda as demandas locais por madeira. Temos, aqui na Bahia, ótimas iniciativas no setor de celulose e papel, por exemplo, mas o mercado tem que se desenvolver de forma mais ampla. Precisamos produzir madeira para a construção civil e, por outro lado, mostrar para este segmento que madeira plantada é um ótimo material e pode ser até mais competitivo que os demais”, informou.

Ele reforçou que este trabalho já vem sendo desenvolvido através do Programa Ambiente Florestal Sustentável (PAFS), uma parceria ABAF e ADAB. “O programa tem o objetivo de incentivar a inclusão de pequenos e médios produtores no plantio, manejo e processamento da madeira de florestas comerciais para usos múltiplos. O programa trabalha temas relativos à educação ambiental em diversas comunidades rurais: Uso Múltiplo da Floresta Plantada/Programa Mais Árvores Bahia; Regulamentação Ambiental das Propriedades Rurais (Código Florestal/ CAR/ Cefir); Integração Lavoura, Pecuária e Floresta (iLPF)/Plano ABC; Preservação dos Recursos Hídricos; Prevenção e Controle de Incêndios Florestais; Controle de Gado nas Áreas de Preservação; Combate ao Carvão Ilegal; e o Programa Fitossanitário de Pragas”, explica.

A ABAF representa as empresas de base florestal do estado, assim como os seus fornecedores. Essa pluralidade dá à associação a possibilidade de planejar e agir com respaldo nos mais variados âmbitos e em horizontes largos. Por isso, a ABAF fomenta a pesquisa, investe na coleta e tabulação de dados, a exemplo do relatório Bahia Florestal. A indústria de base florestal usa a madeira como matéria-prima, com destaque para a produção de celulose, celulose solúvel, papel, ferro liga, madeira tratada, carvão vegetal e lenha para o processamento de grãos. A madeira utilizada é plantada e é considerada uma matéria-prima renovável, reciclável e amigável ao meio ambiente, à biodiversidade e à vida humana. Atualmente tem como associados: Aspex, Assosil, Bracell, Caravelas Florestal, ERB, Ferbasa, Floryl, JSL, Komatsu, Proden, Sineflor, Suzano, Venturoli, Veracel e 2Tree. 

leia também

VER TODAS ›
LEIA EDIÇÃO IMPRESSA › Deslumbre traduzido em madeira, vidro e pedra.

Deslumbre traduzido em madeira, vidro e pedra.

Anunciantes

® 2021 Sacada. Todos os Direitos Reservados
Tacitus Tecnologia

Parceiros

  • ABAF
  • Ebade
  • Sinduscon
  • CRECI
  • ADEMI-BA