Arq & Decor

voltar

CASACOR São Paulo recebe certificação Lixo Zero

om ações contínuas em sustentabilidade, mostra paulistana recebe certificação referente a seu evento de 2019, que teve 99,2% de reaproveitamento de resíduos


13/12/2021 23:06
CASACOR São Paulo recebe certificação Lixo Zero Casa LG ThinQ, por Estúdio Guto Requena. Créditos: Divulgação CASACOR

Sinônimo de sustentabilidade, a CASACOR São Paulo, acaba de receber a Certificação Lixo Zero, concedida pelo Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB), organização da sociedade civil autônoma, sem fins lucrativos, pioneira na disseminação do conceito Lixo Zero no Brasil e da ZWIA - Zero Waste International Alliance, movimento internacional de organizações que desenvolvem o conceito e princípios Lixo Zero no Mundo.

A certificação é referente à edição de 2019 do Programa de Sustentabilidade CASACOR, - implementado em São Paulo desde 2016 - e que passou por diversas etapas, que incluíram conscientização de equipes de trabalho e arquitetos do elenco, para alcançar a marca de 99,2% de reaproveitamento de resíduos, com adoção de medidas como obra secas, economia e reutilização de recursos hídricos, economia de energia, coleta seletiva, programa de reciclagem e destino adequado para resíduos, promovendo a economia circular. A empresa responsável pela gestão de resíduos de 2019 foi a Polzer Ambiental. A mostra também realiza doações de materiais de construção resultantes do desmonte do evento para ONGs.

"Com nosso Programa de Gestão de Sustentabilidade, promovemos a continuidade de ações de controle de consumo, com uma série de práticas que começam na obra e vão até a desmontagem. Instalamos dispositivos economizadores de água em todas as torneiras e bacias, todas as lâmpadas utilizadas são LED, fazemos a separação e destino adequado para todos os resíduos, implementamos o uso do lava-pincéis, para 2021 seguimos com todas essas ações e muitas outras para obter novamente a certificação de evento Lixo Zero", explica Darlan Firmato, arquiteto e Gestor de Sustentabilidade da CASACOR São Paulo .

A Certificação Lixo Zero é emitida apenas para empresas ou eventos que alcancem a meta de 90% ou mais de resíduos encaminhados corretamente. Somente a Certificação Lixo Zero atesta que a empresa ou evento é de fato Lixo Zero. A certificação tem validade de um ano e para obtê-la, é necessário passar por uma auditoria.

A auditoria tem uma série de pré-requisitos estabelecidos de forma internacional e que podem ser aplicados a qualquer estabelecimento ou evento. Seu principal objetivo é atestar a correta gestão de resíduos sólidos aplicada de acordo com metodologia Lixo Zero, que garante que houve excelência e cuidado com o meio ambiente.

Para o Diretor Geral de CASACOR, André Secchin, a certificação demonstra aos clientes, concorrentes, fornecedores, colaboradores e investidores que a empresa usa as melhores práticas reconhecidas pelo segmento. "Além dos benefícios para o meio ambiente e a sociedade, a implementação de um Plano de Ação Lixo Zero adequado traz também benefícios econômicos significativos para o negócio. Envolvemos nesse processo todos os atores de CASACOR, desde os colaboradores, internos e externos, fornecedores e patrocinadores, até o público visitante. Todos são considerados peças fundamentais e agentes não apenas na prática de ações dentro do nosso espaço, mas também como multiplicadores dessa política de gestão de resíduos, potencializando o valor gerado pelo evento para toda a cadeia e além dela".

 

Ambientes sustentáveis

Outros reflexos da aplicação do programa de gestão de resíduos, podem ser vistos na mostra, em dois ambientes totalmente sustentáveis localizados no rooftop, que apontam para o futuro do segmento de arquitetura e construção.

 Casa LG ThinQ, criada pelo Estúdio Guto Requena, é um projeto disruptivo, pensado para um cenário em que a construção civil é uma das principais responsáveis pelas emissões de CO2 na atmosfera e no qual é necessário investir em novas formas de projetar e construir.

Totalmente open-source, é um projeto de fabricação digital que busca disseminar um método construtivo sustentável, a partir de uma plataforma global de colaboração, a wikihouse. A partir da disponibilização do sistema de construção, é possível desenvolver uma diversidade de formas, adaptáveis às diferentes demandas de projeto. Uma casa conectada com as novas tecnologias, construída a partir de chapas de compensado naval de pinus, usinadas em máquina CNC e montadas somente por encaixes.

São três eixos de pórticos articulados por um módulo conector e revestidos com placas pré-fabricadas em madeira que montam paredes e teto. Uma obra limpa, sem resíduos, organizada e eficiente. A estrutura externa (pórticos e fechamentos em madeira) que ocupa uma área de 100 m² foi montada em apenas 10 dias. Enquanto as construções tradicionais em concreto emitem 1 tonelada de CO2 na atmosfera para cada tonelada de concreto, a construção em madeira sequestra o dióxido carbono na mesma proporção. A estrutura externa é revestida de telhas de fibras vegetais impermeabilizadas, uma tipologia de cobertura leve, fabricada a partir de papel reciclado.

leia também

VER TODAS ›
LEIA EDIÇÃO IMPRESSA › Deslumbre traduzido em madeira, vidro e pedra.

Deslumbre traduzido em madeira, vidro e pedra.

Anunciantes

® 2022 Sacada. Todos os Direitos Reservados
Tacitus Tecnologia

Parceiros

  • ABAF
  • Sinduscon
  • Ebade
  • CRECI
  • ADEMI-BA